Corpografias da cena urbana: poéticas do habitar marginal

Autores

Antônio Carlos Queiroz Filho (ed)
Universidade Federal do Espírito Santo
https://orcid.org/0000-0002-8068-2325

Palavras-chave:

Poética, Cidade, Linguagem

Sinopse

Este livro nasceu do desejo de se buscar olhar para a cidade no sentido de encontrar exemplos de experiências contrárias às que pautam a vida na cidade contemporânea, tais como: medo, pressa, individualismo, indiferença, velocidade, aglomeração. A pergunta central é: como a cidade se apresenta para determinado tipo de pessoas e o que define a experiência citadina para elas. Com isso, objetiva-se problematizar os interstícios de uma vida urbana solidária, reflexiva, contemplativa, lenta e colaborativa, formando assim uma “imagem dupla”, “espelhada”, da vida urbana contemporânea em face das suas complexas contradições. Em especial, interessa observar as questões que envolvem quem e onde esses exemplos e “contraexemplos” ocorrem, enfatizando alguns atores sociais específicos, notadamente, aqueles que se configuram num maior grau de vulnerabilidade, em virtude de suas práticas de vida pela sobrevivência e resistência. E que a leitura de cada um dos capítulos desta obra, pensados como “cenas urbanas”, alimente questões, pensamentos e afetos como os que aqui foram compartilhados.

Biografia do Autor

Antônio Carlos Queiroz Filho, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em Geografia, Docente na Universidade Federal do Espírito Santo

Capa

Downloads

Próximo

dezembro 14, 2020

Categorias

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Detalhes sobre essa publicação

Co-publisher's ISBN-13 (24)

978-65-89284-02-4